Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

Eleições para o Conselho Geral voltam a mobilizar os professores

E assim se retoma o que se interrompeu a 8 de Março.

Primeiro a Escola Secundária de Stª Mª da Feira que rejeitou os fundamentos, os termos e as intenções do novo modelo de gestão das escolas e comprometeu-se a não viabilizar o seu funcionamento, por via da não apresentação de candidaturas dos professores ao conselho geral transitório.

Seguem-se-lhe mais duas escolas, uma das quais a Secundária D. Maria II em Braga, onde os professores dão mais um sinal de resistência colectiva com o voto nulo ou em branco na eleição para o Conselho Geral Transitório.

Pois então, votemos em branco.

publicado por Margarida às 23:42

link do post | comentar

Escola Diz NÃO ao Conselho Geral Transitório

Assembleia de Escola de Secundária de Stª Mª da Feira diz não ao novo modelo de direcção e gestão das escolas

No âmbito do amplo debate democrático que o DIA D proporcionou, um grande número de professores da Escola S/3 de Santa Maria da Feira rejeitou os fundamentos, os termos e as intenções do novo modelo de gestão das escolas e comprometeu-se a não viabilizar o seu funcionamento, por via da não apresentação de candidaturas dos professores ao conselho geral transitório.

Com base neste compromisso, e na convicção de que era importante mostrar rapidamente que os professores podem, só por si, derrotar o modelo do ME, foi aberto concurso e os docentes não apresentaram candidaturas.

Se este exemplo se multiplicar e se conseguirmos, por esta via, evitar a constituição do conselho geral num número muito significativo de escolas, estaremos a impor uma importante derrota à equipa de Lurdes Rodrigues e a dar corpo à exigência de que a manutenção de um modelo democrático, colegial e electivo é, hoje, inseparável do combate à desprofissionalização e à descaracterização da profissão docente que os actuais responsáveis do ME, fiéis discípulos da ideologia neoliberal, por todos os meios pretendem impor.

Seguir o exemplo dos professores da Escola S/3 de Santa Maria da Feira e rejeitar um modelo marcado pelo centralismo, pelo autoritarismo e pelo seguidismo é também contribuir para a derrota de uma ideologia bacoca, mas perigosa, que pretende destruir a solidariedade e a igualdade e instalar no seu lugar o individualismo, a indiferença, a insegurança, a obediência e a submissão.

 

Santa Maria da Feira, Junho de 2008

 

O primeiro passo para travar deste atropelo à gestão democrática das escolas será a não constituição dos órgãos que viabilizam este modelo.

Mas uma escola só não basta.. são precisas muitas mais.. TODAS!!!

publicado por Margarida às 15:28

link do post | comentar
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

Paradigma!!! Qual?

Comunicado da CONFAP à Comunidade 

"A Escola para ser efectivamente da Comunidade Educativa tem de partilhar a sua Gestão e Autonomia, única via para a legitimidade democrática, o pluralismo de interesses e o exercício de cidadania por todos os seus elementos constituintes – alunos, pais, professores e outros, de acordo com os princípios gerais definidos no Artigo 3.º da proposta legislativa.

Neste contexto, entendemos que a dignidade profissional dos professores não está nem poderia estar em causa. A sua dignidade está no exercício da sua actividade profissional na sala de aula. É aqui que se espelha e exerce a sua vocação!"
ver comunicado

 

Nesta cruzada do ME contra os professores e contra as escolas é de lamentar que, a maior parte dos notáveis da pedagogia e da sociologia da educação, não tenham opinião. Será porque são cúmplices nesta trama e alimentam esta política educativa reaccionária e destrutiva?

Reaccionária, porque cria obstáculos à inovação educativa querendo normalizar, pela mediocridade, a acção dos docentes.

Destrutiva, porque prejudica a acção pedagógica e burocratiza todo o processo num desgaste violento dos professores, sem resultados positivos no processo de ensino aprendizagem.

Nesta campanha contra escolas e professores contamos, também, com a CONFAP que, pelas posições que assume não representa, certamente, os interesses dos alunos. Aos pais e aos órgão que os representam na escola, compete defender os interesses dos alunos e não representarem-se a si próprios procurando, nestes espaços, meios de promoção de alguns que procuram protagonismo. 

O novo modelo de gestão valoriza todas as forças satélites da escola, comunidades locais, autarquias, encarregados de educação e, esquece que essas forças são apenas acessórios e que os professores e os alunos são os intervenientes essenciais.

Um modelo que não respeita este princípio, não pode servir a Educação.

Tudo indica que este novo modelo de gestão nos será imposto e cumpri-lo-emos, mas não cairemos no silêncio.

Professores e escolas estarão sempre cá, sempre presentes, dentro e fora da sala de aula. Onde houver um aluno e um professor há uma escola sem burocracias e sem hierarquias que indiciam totalitarismos.

publicado por Margarida às 15:25

link do post | comentar
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Urgente transferência de competências na educação

Educação é prioritária ao transferir competências

"A Educação será o sector prioritário na transferência de competências para os municípios. Esta foi a garantia dada, ontem, à Associação Nacional de Municípios, Portugueses (ANMP) por José Sócrates, durante a reunião convocada pelo chefe do governo. Aos autarcas foi prometido, para a próxima semana, a entrega de um diploma sobre a matéria, para que o Conselho de ministros a aprove a 7 de Fevereiro (a data foi dita de forma precisa, segundo confirmou Rui Solheiro, da ANMP, ao JN). A urgência tem um motivo, Sócrates quer as novas regras em funcionamento já no próximo ano lectivo - em Setembro." JN

Nada é deixado ao acaso, até a data da aprovação é definitiva... Fim de discussão!

Ocorre-me uma ideia perversa, recordar aqui a constituição do Conselho Geral, novo órgão da futura gestão das escolas.

Como é óbvio, uma coisa nada tem a ver com a outra...

publicado por Margarida às 16:07

link do post | comentar

.Software:gp-Untis

.links

.gp-Untis/Software horários escolares

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Rui Pedro

.posts recentes

. Eleições para o Conselho ...

. Escola Diz NÃO ao Conselh...

. Paradigma!!! Qual?

. Urgente transferência de ...

.Visitas: 5/11/07

.Protesto Vale do Sousa

.tags

. 15 novembro(1)

. 1ºministro(2)

. 25 de abril(2)

. 8 novembro(5)

. acção social(1)

. acordo(3)

. alunos(4)

. avaliação de professores(92)

. avaliação externa(1)

. carreira(1)

. cidadania(11)

. colegas(1)

. colocação professores(3)

. comentários(2)

. concurso professores(7)

. concurso professores 2009(1)

. concurso titulares(6)

. conformidade cpd dúvida(1)

. conselho escolas(2)

. currículos(6)

. democracia(7)

. despachos(4)

. desporto escolar(1)

. dgrhe(3)

. distribuição de serviço(14)

. dúvida(2)

. ecd(1)

. educação(21)

. ensino superior(2)

. estatuto alunos(9)

. estatuto carreira docente(19)

. exames(1)

. exames 9ºano(1)

. fim de ano(1)

. gestão escolas(4)

. greve(3)

. greve alunos(2)

. hinos(27)

. homenagem(5)

. horário dos alunos(2)

. horários professores(8)

. ilegalidade ecd(8)

. imagens(1)

. indisciplina(7)

. inspecção(1)

. instrumentos de registo(8)

. internacional(1)

. magalhães(2)

. marcha lisboa(5)

. ministra(31)

. moção(4)

. movimentos(31)

. necessidades residuais(2)

. objectivos individuais(10)

. objectivos individuais simplex(1)

. opinião(8)

. organização ano lectivo(6)

. plano tecnológico(14)

. portefólio(2)

. processos disciplinares(1)

. protesto(41)

. provas aferição(2)

. providência cautelar(4)

. psd(1)

. reacção escolas(1)

. reflexões(1)

. relatório ocde(1)

. santana castilho(1)

. simplificação(2)

. sindicatos(39)

. sócrates(3)

. software horários(7)

. testemunhos(1)

. valores opinião(4)

. valter lemos(6)

. todas as tags

.Prémio atribuído por "Revisitar a Educação" e "Ramiro Marques"

.Manifestação 8 de Novembro

.sobre mim

Pesquisa personalizada

.subscrever feeds

.arquivos

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007